Dani Praxedes traz uma leitura fácil e leve, nos dando nuances de como a vida pode e deve ser uma grande aventura, sem linhas tão retilíneas. Para isso, basta sabermos como lidar com os acontecimentos e adversidades do nosso cotidiano.
A autora cita que “nós, fomos criados para viver, realizar, e não sobreviver”, e diante desta afirmativa, nos apresenta nas linhas de sua obra que é viável encontrar um ponto de equilíbrio nos mais diversos eixos da nossa vida em meio a um universo tão atribulado e lotado de cobranças.
A correlação que Dani Praxedes faz entre foco e fé também nos remete a possibilidade de uma introspecção, onde através deste ato descobriremos e redescobriremos muitas qualidades que estavam camufladas diante dos medos e inseguranças, estresses e divergências pessoais internas.
A obra não tem nenhuma pretensão de ser um manual de como viver melhor, mas, somente o de esclarecer que é possível com coragem, foco e decisão mudar sua vida, assim trazendo uma caminhada mais tranquila e serena aos que se propõe ao processo de mudança.